Tribuna 21/07/2014 PDF Imprimir E-mail

Tribuna da Câmara de Vereadores de Estrela

Sessão do Dia 21/07/2014

 

Felipe Schossler (PPS) – Cumprimentou a todos. Falou sobre o fim da Copa do Mundo e o início do Campeonato regional e Futebol amador, parabenizando a equipe do Aimoré da Linha Delfina, equipe estrelense, vice-campeão da edição anterior do certame e que volta a disputar este ano. Falou sobre o reinício dos jogos intercomunitário em diversas modalidades, e as finais do futebol. Ressaltou a importância da participação das comunidades.  O vereador Ernani pediu aparte, que foi negado por Schossler. Felipe citou fala do prefeito, que havia prometido o início das obras de pavimentação em diversas ruas para o momento em que houvesse tempo bom, mas apontou que mesmo com tempo bom as obras estão paradas. Em aparte o vereador Élio afirmou que a empreiteira terceirizada está implantando os bueiros para assim poderem iniciar os trabalhos. Felipe disse esperar que não tenha parado os trabalhos por falta de dois centavos, ou por falta de assinatura, e reiterou esperar que não seja uma obra iniciada e que não tenha conclusão. Disse esperar uma justificativa na próxima sessão. Agradeceu o prefeito por escolher o bairro Auxiliadora para o início das obras. Falou sobre o dia do Colono e Motorista, elogiando estes trabalhadores.

 

Gerson Adriano da Silva (PT) – Cumprimentou a todos. Falou sobre a importância de os vereadores fiscalizarem o trabalho da empresa vencedora do processo licitatório para execução da pavimentação, conforme apontou o colega Felipe, e silva continuou ressaltando que a mesma é realizada por etapas. Em aparte o vereador Élio citou que os últimos governos nada fizeram para asfaltar ruas no município porque tanta indignação agora que fazem apenas duas semanas que os trabalhos iniciaram. Silva destacou que existe um prazo, e um cronograma que devem ser respeitados. Se disse feliz pela vinda do veículo para o Conselho tutelar. Silva destacou a importância da rústica que ocorreu no fim de semana, por integrar a comunidade e promover uma vida saudável. Por fim, destacou a ampliação do atendimento de pediatras no posto central, frisando que o atendimento à noite será feito por três profissionais, e lembrou ser uma bandeira de seu mandato essa atenção da pediatria pois é justamente no período da noite que mães e pais voltam do trabalho e muitas vezes encontram os filhos doentes, tendo que recorrer ao pronto socorro, com essa ampliação no atendimento pediátrico será possível agilizar o tratamento com consultas diretamente no posto central. Em aparte o vereador Andréas destacou a importância da programação em homenagem ao Colono e motorista e também da rústica. Em aparte a vereadora Lorena destacou que os interessados em participar do almoço da festa do colono e motorista deve buscar confirmar sua presença no STR.

 

Paulo Roberto Birck (PTB) – Cumprimentou a todos. Falou sobre a entrega do veículo ao conselho tutelar, ocorrida na ultima sexta-feira. Falou sobre a retomada dos jogos intercomunitários também na sexta-feira. Falou sobre o café colonial da liga feminina de combate ao câncer. Em aparte a vereadora Lorena agradeceu o apoio de todos que colaboraram com a promoção da Liga. Falou também sobre a rústica de inverno. Destacou os festejos da Liga de Corais de Estrela e sobre as finais do intercomunitários de futebol.

 

Paulo Floriano Scheeren (PPS) – Cumprimentou a todos. Falou sobre o projeto de auxílio ao Estrela FC, que na semana anterior o próprio vereador negou a tramitação em urgência, e por conta disso, a diretoria do clube apresentou na quinta-feira, um relatório de atividades. Pediu atenção da secretaria de obras para um desmoronamento de terras nas margens da estrada que leva a cascata Santa Rita. Scheeren falou que desde 2002 o município tem um britador para produzir brita para as estradas e acusou que após três meses foi regularizado o funcionamento e as primeiras cargas de britas estão indo para propriedades particulares e não para as estradas. Acusou que o processo de licitação das obras de pavimentação do PAC 2 foi ilegal, pois foi conduzido sem o dinheiro estar em caixa. Apontou que após o início das obras foi encontrado um tatu trabalhando e isso trancou a obras. Acusou o governo de não levar as questões com transparência. Lembrou que as obras de reforma da escadaria pararam por causa de dois centavos, e a previsão de entrega, de fevereiro de 2014.  Afirmou que o pronunciamento do vereador Adriano Scheeren foi mentiroso ao dizer na sessão anterior não havia operador para as máquinas, e reiterou que a situação fala das obras e que não viu nenhuma ainda, que afirmam ter buscado verbas e mesmo assim não viu esse dinheiro, e que a administração anterior fez asfaltamento com recursos próprios.

 

Ernani Luis de Castro (PMDB) – Cumprimentou a todos. Afirmou que o colega Felipe precisa ter calma, pois todos estão apenas de passagem na câmara. Falou sobre o número de haitianos trabalhando no município. Revelou que em pesquisa informal com empresários sobre o desempenho destes trabalhadores e a resposta é de insatisfação. Castro afirmpou que a vinda destes imigrantes deve começar a ser repensada. Falou sobre o projeto dedoação de uma área de terras na boa União à uma igreja, e ressaltou que a instituição desenvolve um trabalho social e que a praça, antes prevista para o local da igreja, vai ser construída ao lado do futuro ginásio de esportes do bairro. Falou sobre a continuidade das obras no loteamento popular. Em aparte o vereador Lui Schneider convidou os vereadores da oposição para comparecerem no legislativo para receberem as respostas. Castro afirmou que sobre as cargas produzidas no britador, que se há distribuição em propriedades é pensando em melhorar o escoamento da produção.

 

Elio Jair Kunzler (PTB) – Cumprimentou a todos. Parabenizou a Liga Feminina de combate ao Câncer pelo evento no fim de semana. Sobre as máquinas afirmou que concorda que eventualmente falte operador, mas não é por falta de dinheiro, e reiterou que o importante é que o parque de máquinas em um ano e meio recebeu mais máquinas que nos últimos vinte anos. Em aparte o vereador Paulo Scheeren sugeriu que as máquinas sejam expostas no dia do colono e motorista, já que não podem trabalhar. Kunzler destacou que muitas pessoas ainda não sabem a quantidade de conquistas da atual administração. Felipe Schossler, em aparte disse que tem tantas máquinas porque elas vem e vão. Élio destacou que não foi só uma rua que teve os trabalhos iniciados. Em aparte o vereador Lui Shneider disse não saber o que ocorre com os vereadores do PPS, pois os mesmos sabem que aquilo que é anunciado pelo governo é verdadeiro. Élio pediu que os oposicionistas batam palmas para as conquistas da administração em prol do município, pois quem tem a ganhar é a população.

 

Vanderlei Eidelwein (PR) – Cumprimentou a todos. Falou sobre o projeto de auxílio ao Estrela FC, e reiterou admiração pelos dirigentes que se dedicam ao projeto das escolinhas do Estrela, para dar para estas crianças um futuro melhor. Manifestou preocupação com a paralisação das obras de pavimentação no bairro Auxiliadora e revelou ter buscado em mais de uma vez contato com responsáveis pela obra, e apenas no dia da sessão, e o responsável Celso Cervi revelou que a obra parou por erro no projeto, e isso deve ser refeito, processo que deve durar no mínimo trinta dias. Em aparte o vereador Paulo Scheeren disse que se há erro no projeto deve ser feita uma nova licitação, o que deve tomar no mínimo 60 dias. Eidelwein falou sobre as obras da EGR no bairro Boa União, que param seguidamente, e os transtornos que isso causa. Em aparte a vereadora Lorena ressaltou que os transtornos são grandes e as cobranças são grandes. Ernani reiterou que a parte da administração foi feita, que sua parte, de buscar soluções junto a EGR foi feita, e que as cobranças devem ser feitas para a empresa vencedora da licitação, citando que a Conpasul trabalhou apenas dois dias na semana anterior. Em aparte o vereador Paulo Floriano Scheeren afirmou que é um projeto feito por etapas, e a liberação de verbas é que dita o ritmo da obra, e afirmou que pode ser o caso da EGR, a falta de verbas. Eidelwein citou que deve ser buscada a solução da questão, e não o empurra-empurra de responsabilidades. Falou sobre o interesse de empresas estrangeiras em gerir o estádio Mané Garrincha em Brasília, e que deve ser leiloado. Sugeriu a instalação de uma faculdade de medicina na estrutura do estádio. Falou sobre pedido de informação sobre a construção das casas populares, e afirmou que até o momento não obteve resposta do executivo. Eidelwein afirmou que por a Caixa Econômica Federal participa do projeto, ele buscou informações junto a Agência de Estrela, mas lá foi informado que nenhum pedido de informação chegou. Afirmou que não é oposição , apenas deseja que as coisas aconteçam em prol da comunidade, mas que precisa saber o que acontece. Parabenizou os colonos e motoristas pelo seu dia.