Tribuna 06/05/2013 PDF Imprimir E-mail

Tribuna da Câmara de Vereadores de Estrela

 

Tribuna Livre – Grupo de Escoteiros Rudolfo Maria Rath – RUMARA

 

Andréas Hamester (PP) – Cumprimentou a todos. Falou sobre os trabalhos desenvolvidos pelo Grupo de Escoteiros do município, sua importância na comunidade e na formação de jovens. Convidou a comunidade a participar do Domingo Clássico que terá mais uma edição no domingo próximo, na sede do Poder Legislativo. Comentou a programação de aniversário do município, em especial os bailes do Festival do Chucrute. Voltou a falar sobre a importância do trabalho dos escoteiros e demais entidades que trabalham com jovens, pois segundo o edil, crianças que frequentam estes grupo são mais educadas.

 

Paulo Floriano Scheeren (PPS) – Cumprimentou a todos. Falou sobre a importância do trabalho do grupo de escoteiros de Estrela. Repercutiu o comentário de Alexandre Garcia, em que o jornalista discorria sobre os salários altos de funcionários do Senado Federal, citando o exemplo de um servidor que recebe R$8 mil para servir cafezinho. Traçou uma relação entre a situação de servidores do Senado com os servidores da Câmara de Estrela, onde o vereador ressaltou que existem apenas um profissional da área jurídica e um assessor de imprensa para os 13 vereadores. Sugeriu que se feche o Senado, pois não teria uma utilidade vital na república. Sobre uma entrevista do vice-prefeito em uma rádio da cidade na qual o mandatário falava sobre o aterro ilegal que foi encontrado as margens da BR 386, Scheeren lamentou que nomes de responsáveis não foram citados. Comentou sobre um projeto que foi substituído na pauta, pois esse aumentava o valor concedido ao Rotary Club, para realização dos festejos do município.  Manifestou-se contrário ao projeto que concede área a uma entidade, em detrimento ao espaço que poderia ser cedido a uma creche, pois lembrou que em outras legislaturas se cobrava mais vagas em creches. Citou a recente exposição sobre o ex-prefeito Adão Henrique Fett, e lembrou que o ex-prefeito Celso vai deixar sua marca na história, pois foi ele quem deu inicio ao processo de reabertura das ruas do complexo da Ambev, o que possibilitava as obras de revitalização da antiga escadaria que dá acesso ao Rio Taquari.

 

Lorena Hauschild (PR) – Cumprimentou a todos. Comentou sobre os trabalhos do Grupo de Escoteiros, destacando as atividades de salvamento praticadas pelos integrantes. Falou sobre os 50 anos do STR de Estrela, e contou que durante a cerimônia, lembrava-se dos tempos em que foi funcionária da entidade, e hoje, como vereadora, deixava seu abraço a todos os ex-presidentes e a atual diretoria, bem como aos funcionários e associados da entidade. Sobre o projeto 062, que cede área à AJES, disse que a questão não é a de negar espaço à Crache, pois a intenção é de um projeto maior, que segundo o prefeito, neste terreno também será feito um posto de saúde, e a creche será ampliada. Hauschild ainda lembrou o projeto que ela apresentou na ultima sessão, afirmando que este repercutiu positivamente junto à comunidade, ressaltando que seria muito importante que a atual administração considere esta ideia.

 

Ernani Luis de Castro (PMDB) – Cumprimentou a todos. Falou inicialmente sobre saúde. Relatou um caso ocorrido em uma festa, em que um senhor de idade tropeçou e se lesionou. O Samu foi chamado e levou mais de meia-hora para atender. Quando os profissionais chegaram o atendimento foi muito bom, segundo Castro, porém esclareceu que quando o Samu é acionado, a ligação vai a Porto Alegre e só então é encaminhada à região do sinistro, o que pode causar essa demora no atendimento. Castro também falou sobre o Projeto 062, afirmando que se inteirou do projeto, e que ocorreu uma reunião entre a Creche e a diretoria da AJES onde foram esclarecidas as dúvidas de ambas as partes. Sobre o projeto apresentado pela vereadora Lorena na sessão anterior, lamentou o fato de que não pode ser incluído no projeto atual, pois a verba já em caixa, encaminhada pelo PAC, prevê pavimentação em vias já abertas.  Revelou que também serão buscadas verbas do PAC a pavimentação de ruas da Boa União.

 

Luis Fernando Schneider (PMDB) – Cumprimentou a todos. Falou sobre o Projeto apresentado na sessão anterior pela vereadora Lorena. Lamentou o fato do ex-candidato Eduardo Wagner ter se retirado do plenário, pois este poderia estar melhor informado sobre este projeto, uma vez que ele trata de assunto da mesma área profissional em que Wagner atua. Falou sobre o aterro irregular descoberto às margens da BR 386. Em aparte, o vereador Gerson ressaltou que a área em que o aterro foi encontrado, era particular e foi desapropriada pelo DNIT. Sobre o Projeto que concede área à AJES, Schneider revelou que espera aprovação do mesmo, acompanhada da aprovação  da emenda, de autoria do vereador Adriano Scheeren, que prevê a devolução da área por parte da AJES em caso de liberação de verbas para execução do projeto futura da administração que pretende não só ampliar a área da creche, como também construir um grande posto de saúde naquele local. Schneider mostrou um esboço do projeto de um postão de saúde, que será erguido com verbas recuperadas a fundo perdido e mais verbas que serão buscadas na capital federal. Em aparte, a vereadora Lorena se disse feliz com o projeto do posto de saúde e questionou se realmente não se pode fazer uma emenda ao projeto de ligação da BR 386 com a Rota do Sol (proposta apresentada por Hauschild na sessão anterior). Schneider afirmou, em relação ao projeto de revitalização da escadaria, que foram constatados valores discrepantes orçados pela antiga administração. Em resposta ao questionamento da vereadora Lorena, Schneider afirmou que antes de o partido da vereadora ter apresentado o projeto, deveria se informar sobre como a verba para esta obra foi obtida junto ao PAC 2, ressaltando que os projetos que foram encaminhados deveriam ser encaminhados até o dia 05 de abril ao Governo Federal. Recomendou á vereadora buscar informações no diário oficial da união. Solicitou que o partido de Lorena e seus colaboradores atentem para as datas de prazos, lembrando que se a modificação for tentada, a verba se perderá por completo.

 

José Itamar Alves (PTB) – Cumprimentou a todos. Solicitou à secretária da casa o envio de um ofício ao STR, parabenizando a entidade pelos seus 50 anos. Sobre o aterro irregular, reafirmou que não se sabe quem foi o autor deste aterro, mas que se está buscando a solução deste problema, pois a intenção é de não atrasar a duplicação da BR 386. Cumprimentou a preocupação do colega Paulo Floriano Scheeren, pois esse é o trabalho de um vereador, fiscalizar. Comentou a entrada do Projeto de Lei 082, que isenta impostos para construção de casas populares no município. Ressaltou que a política publica que está sendo adotada pela atual administração é positiva, pois não vai dar as casas populares de graça, e sim ajudar os mais necessitados que terão que dar uma contrapartida de R$36 a R$80 reais mensais, destacando que esse comprometimento é o que faz a diferença.

 

Felipe Schossler (PPS) – Cumprimentou a todos. Fez referências a fala do colega Paulão sobre o Senado, em que garçons recebem fortunas para servir cafezinho. Comentou o projeto que está tramitando no senado sobre revisão da aposentadoria, e lamentou que quando um projeto beneficia o povo é de difícil aprovação. Desejou que os senadores tenham coragem de votar em beneficio do povo. Ressaltou que quando um projeto é para beneficiar os próprios senadores recebe rápida aprovação. Parabenizou a atual administração pela assinatura do convênio com a Lativida, e citou outras ações do governo passado que também concedeu incentivos à empresas do município. Parabenizou o grupo de Escoteiros Rudolfo Maria Rath, que faz trabalhos de formação cidadã. Encerrou desejando um feliz dia das mães.

 

Adriano Scheeren (PPS) – Cumprimentou a todos. Falou sobre os trabalhos de manutenção do Parque Princesa do Vale, manifestando preocupação com a parte elétrica do parque, pois afirmou já ter sido procurado por diversas pessoas relatando situações de perigo relacionadas ao sistema elétrico do parque. Relatou conversa com o vice-prefeito Valmor Griebeler, quando este garantiu que já estão sendo encaminhadas ações para solucionar estes problemas. Também revelou preocupação de que a equipe de manutenção do parque tenha um kit de primeiros socorros para o primeiro atendimento. Sugeriu também que kits sejam colocados em diversas repartições públicas. Sobre o Projeto 062, destacou ter lido em um site que a AJES completou 30 anos de fundação no dia 1º de maio. Parabenizou o Poder Executivo pela forma com que conduziu a polemica entre a Creche que precisa ser ampliada e a Associação que precisa de uma área. Ressaltou que brigas de administrações passadas devem acabar, pois parece que antes não havia diálogo. Comentou a emenda de sua autoria que prevê que a entidade preste contas do que está sendo feito e que quando for liberada verba para projeto de ampliação da creche e de construção de um posto a AJES devolverá o espaço ao município. Cobrou que uma creche no município está inacabada e mesmo assim já foi inaugurada.